Programa ID Jovem pode beneficiar 2.500 jovens de baixa renda em Ribeirão Pires

Cerca de 2.500 jovens com idades entre 15 e 29 anos residentes de Ribeirão Pires podem usufruir dos benefícios do Programa Identidade Jovem, ou ID Jovem, implementado pela Secretaria Nacional da Juventude, instituído pelo Estatuto da Juventude (Lei nº 12.852/2013) e regulamentado pelo Decreto 8.537/2015 que possibilita ao jovem de baixa renda o acesso a diversos benefícios como o da meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, e também a vagas gratuitas, ou com desconto, no sistema de transporte coletivo interestadual.

“Atualmente, apenas 71 jovens da nossa cidade possuem cadastro ativo no sistema e usufruem destes benefícios. Sabemos das restrições impostas pela pandemia e que o acesso à cultura e ao lazer está limitado, porém, por exemplo, o benefício da gratuidade ou meia-passagem para transporte coletivo interestadual pode ser de grande auxílio para esse público jovem de baixa renda”, explicou a Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Renda de Ribeirão Pires, Marli Silva, que buscou benefícios e oportunidades em empreendedorismo para os jovens junto ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Para que o jovem de baixa renda possa ser beneficiário do Programa, é necessário atender, cumulativamente, aos seguintes requisitos:

I – Idade entre 15 e 29 anos;
II – Renda familiar mensal de até dois salários mínimos; e
III – Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

A ID Jovem é emitida pela Secretaria Nacional da Juventude (SNJ) de forma gratuita no site do Programa (https://idjovem.juventude.gov.br/), ou diretamente no aplicativo “ID Jovem 2.0 (Oficial)”, atualmente disponível somente para dispositivos Android.

Para que a emissão possa ser realizada, é necessário que o jovem beneficiário saiba seu Número de Identificação Social (NIS) e que seu cadastro junto ao CadÚnico tenha sido atualizado nos últimos 24 meses. A validade do ID Jovem é de 180 dias e, ao término desse prazo, será necessário emiti-lo novamente, quando serão verificados se foram mantidos os requisitos para sua obtenção.

Deixe uma resposta