Crianças são vacinadas por engano com Coronavac em Diadema

Caso foi parar na delegacia; Prefeitura diz que vai punir responsáveis e já afastou as funcionárias

Cinco crianças com idades entre sete meses e 4 anos receberam doses da vacina Coronavac, por engano, nesta 5ª feira (15.abr.2021), na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim das Nações, em Diadema. Elas tinha sido levadas pelos pais para tomar a vacina contra a gripe, mas foram vacinadas conta a COVID-19. O caso foi parar na delegacia, onde foram registrados BOs (Boletins de Ocorrência).

Dos cinco casos, três procuraram a Polícia segundo a Secretaria de Segurança do Estado. !Os casos foram registrados nesta 5ª feita (15) e são investigados pelo 3º Distrito Policial de Diadema. Três crianças, com idades entre sete meses e quatro anos, teriam sido imunizadas erroneamente em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade”, informou a Pasta.

 Prefeitura emitiu uma nota oficial. Leia a íntegra

“A Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), condena veementemente a aplicação equivocada de vacina Coronavac em cinco crianças da UBS Jardim das Nações e informa que já está sendo aberto um processo administrativo para apuração dos fatos e das responsabilidades dos envolvidos, para adoção das medidas cabíveis em relação ao ocorrido. Além disto, a gestão determinou o afastamento imediato das funcionárias envolvidas no ocorrido.

Esclarecemos que, assim que identificada a ocorrência, os pais das crianças vacinadas foram imediatamente convocados na unidade para os devidos esclarecimentos e orientações. Todos eles são baseados no Documento Técnico, do Centro de Vigilância Epidemiológica da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, que normatiza a Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

Informamos ainda que as crianças serão acompanhadas pelos próximos 42 dias e terão todo o apoio necessário. Uma médica da Atenção Básica da SMS foi escalada para realizar esse acompanhamento de perto.

A Secretaria de Saúde preza pela segurança e lisura das Campanhas de Vacinação e tranquiliza os pais sobre o processo realizado nas 20 Unidades Básicas do município e que segue as diretrizes da Vigilância à Saúde e Atenção Básica. A vacinação Covid-19 e a vacinação de Influenza estão sendo feitas em salas separadas para que não haja cruzamento de fluxo dos pacientes adultos com crianças.

Em relação a esse caso específico, reforçamos que foi um caso isolado e que serviu para ampliarmos ainda mais os nossos cuidados”.

Deixe uma resposta