Caos na saúde de Ribeirão Pires foi destaque no Fantástico deste domingo (14). VÍDEO)

Ribeirão Pires está com 100% de seus leitos ocupados e pessoas já morrem sem vagas de internação

Repórter ABC | Luís Carlos Nunes – A cidade de Ribeirão Pires vem ocupando a pauta nacional dos principais canais de televisão tratando da crise em que se encontra o sistema de saúde na cidade em razão do alto índice de contaminações pala COVID-19.

Hoje (14), o telejornal Fantástico da Rede Globo de Televisão exibiu reportagem que retrata as dificuldades encontradas por munícipes para conseguir um leito hospitalar.

Na reportagem liderada pela jornalista Angélica Abreu, o prefeito Clóvis Volpi relata o drama porque passa a cidade com a falta de recursos próprios para viabilizar a contínua abertura do Hospital de Campanha. O prefeito nos últimos dias tem percorrido por diversos órgão público nas esfera Federal e Estadual para obter apoio. Recentemente foi decretado na cidade estado de calamidade pública.

 

“Parece um filme de Terror. Surgir vagas no sistema significa morrer pessoas. Isso é uma tristeza enorme””, disse o prefeito Clóvis Volpi que decretou estado de calamidade pública em Ribeirão Pires

O prefeito vem insistentemente apelando para que a população colabore, mas ainda algumas aglomerações acontecem com frequência em festas clandestinas ao mesmo tempo em que cobra providencias de autoridades de outras esferas de Poder.

“Estou alertando o Governo do Estado há 22 dias sobre a falta de leitos no sistema Cross na região, e a dificuldade de manter financeiramente nosso Hospital de Campanha. Não houve nenhuma resposta sobre as nossas demandas, e infelizmente a tragédia que foi anunciada começa ser vivida na nossa cidade” disse o Prefeito Clovis Volpi e completou: “Estamos perdendo vidas por negligência do Estado e da União. Os profissionais da Saúde de Ribeirão Pires estão fazendo tudo que podem para salvar essas vidas, mas precisamos que o governador olhe para nossa cidade com mais sensibilidade”, desabafou o prefeito Clovis Volpi em nota oficial recente emitida pela prefeitura.

Volpi é um dos principais articuladores do movimento que agrega prefeitos e gestores. O grave problema da falta de leitos, ganhou o noticiário nos últimos dias e ele vem denunciando o colapso no sistema de saúde e tentando sensibilizar os governos estadual e federal sobre a necessidade de investimentos não só em Ribeirão Pires como em outras cidades.

“Vivemos estado de colapso na saúde da cidade de Ribeirão Pires”, disse Dr. Malek Imad, coordenador do Hospital de Campanha

O médico Malek Imad, coordenador do Hospital de Campanha,  também aparece e fala sobre a falta de leitos e que não há capacidade para o atendimento de pacientes moderados e graves na unidade de Saúde.

Acompanhe abaixo o vídeo.

Deixe uma resposta