Tag Archives: Paulinho Serra

Um Consórcio para além da “Santa Tríade”, por Luís Carlos Nunes

A visita do presidente do Consórcio intermunicipal do ABC, Paulinho Serra (PSDB),ao prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Sem Partido) trás consigo um importante sinal ao futuro da região. O diálogo entre os gestores pode por fim a uma disputa separatista.

Maranhão chegou a encaminhar para o Legislativo Municipal o projeto de lei n° 018/2018, (sendo aprovado pelo placar de 11 à 2 ver aqui), solicitando a saída do município da entidade Regional em protesto contra os rumos que vinham sendo tomados na gestão do prefeito Orlando Morando.

Como um “Golias”, o alcaide de Rio Grande da Serra desferia duras críticas sob a condução que estava sendo tomada por Morando que dispensava atenção mais dedicada para a tríade Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano em detrimento de outras cidades da região. Sua tese parece estar prosperando!

Do encontro emblemático, muito pouco foi explicitado! Porém a pincelada “falamos sobre fortalecimento de políticas públicas regionais, com foco na futura gestão do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC” foi grafava na página pessoal de Gabriel Maranhão no Facebook indiciando que Paulinho Serra deseja o regresso de Rio Grande da Serra e das demais cidades da região do ABC Paulista. Pelo aperto de mãos público, não restam dúvidas de que o cafezinho servido recebeu generosa porção de açúcar e de que o Consórcio não será mais recebido com a vassouras atrás da porta.

O Consórcio Intermunicipal do ABC, para que não nos esqueçamos, é um órgão de caráter público e apartidário, restando ao mesmo gerir e coordenar políticas públicas para todos os seus entes. Lutar por recursos e atenção junto a outros órgãos e esferas de poder.

Por fim, Gabriel Maranhão que foi presidente do Consórcio Municipal do ABC em 2015, foi um grande articulador político. Tendo como seu vice o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), Gabriel Maranhão articulou importantíssimos recursos para um ambicioso projeto de Infraestrutura e urbanização para Rio Grande da Serra.

Por ser o único prefeito do ABC Paulista a ser reeleito no pleito de 2016, Maranhão é forte nome para ocupar o comando da entidade regional em 2020. Mas para tanto, Gabriel Maranhão terá que ganhar musculatura! Terá que ajudar a reconstruir o Consórcio Intermunicipal convencendo Lauro Michels de Diadema e José Auricchio de São Caetano do Sul a reocuparem seus assentos.

Paulinho Serra tem dura missão frente ao Consórcio: Unir o ABC e promover mudanças

Com apenas 15 dias de sua eleição como novo presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, o prefeito de Santo André, Paulinho Serra (PSDB) tem uma árdua missão: unir os sete prefeitos que administram as cidades do ABC Paulista conciliando pleitos e visões para os rumos da importante entidade regional.

Segundos fontes, Serra já deu início as conversações fazendo contatos com prefeitos dissidentes que discordaram da política que vinha sendo tocada por seu antecessor, o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando.

Este editor mesmo antes de ter conhecimento sobre esta paragem do ABC Paulista, bem lá de longe sempre ouvia muito se dizer sobre o “Poderoso e Exemplar” Consórcio do ABC que hoje se encontra com apenas quatro de seus membros na ativa tendo como não ativos, os municípios de Diadema, São Caetano do Sul e Rio Grande da Serra.

Em seu discurso logo após a reunião da Assembléia Geral que o elegeu no último dia 08 de janeiro, Paulinho Serra sinalizou afirmando que o “Consórcio tem pendências possíveis de serem tiradas do papel com o apoio dos governos estadual e Federal e que sua missão como presidente é a de levar demandas regionais especialmente o combate às enchentes, saúde e mobilidade urbana que são áreas que já geraram frutos concretos para a região e em que já existe uma integração mais adiantada entre as cidades. Por isso, nosso objetivo é focar em projetos em que tenhamos uma capacidade de implementação maior”, disse na oportunidade.

Ao que tudo indica, há disposição de Paulinho Serra em ouvir demandas dos representantes dos demais municípios que compõem a entidade regional e tudo pode chegar a bom termo.