Vereadora Márcia Gomes toma invertida após atacar vereadores por suas atuações

Vereadora Márcia desmereceu o trabalho de vereadores desqualificando-os com ataques diretos

A vereadora Márcia da Coletiva de Mulheres (PT) tomou uma invertida após fazer avaliação negativa sobra a atuação de alguns vereadores da Casa, durante Sessão Legislativa ocorrida nesta 5ª feira (10.jun.2021).

Márcia que em sua fala defendeu o sindicato Sindserv, que é alvo de suspeita de mal uso de recursos públicos ao receber dinheiro superfaturado – R$ 700 mil – enquanto administrava o convênio médico dos trabalhadores municipais.

Em sua fala durante a Tribuna Livre, a parlamentar falou por diversas vezes em fiscalização das atividades do executivo e acusou o executivo municipal de não dialogar com a sociedade.

Ainda em seu pronunciamento, a vereadora citou a polêmica que envolve comerciantes que trabalham em quiosques na rodoviária da cidade. De acordo com informações, os box da rodoviária são administrados pela ACIARPI e que há pessoas em grande débito com a administradora e existem casos de terceirizações, quarterizações e quinterizações dos espaços, em total irregularidade.

Sobre a falta de diálogo com artista da cidade, o fato foi elucidado em reunião do titular da SEJEl ocorrida com a presença da vereadora e representantes do seguimento cultural.

Em 29 de abril deste ano, o Repórter ABC publico fala do presidente da Casa que convocou todos os vereadores da Casa para acompanhar e fiscalizar a devolução dos R$ 700 mil pagos a mais ao Sindserv. Ver aqui.

A grande polemica se deu após a edil Márcia da Coletiva e Mulheres acusar vereadores de estarem em desfunção de atividade por atuarem junto a comunidade para resolver problemas locais.

…”eu peço também encarecidamente aos meus amigos vereadores que façam seus verdadeiros papéis enquanto fiscalizadores. Não adianta cobrar que não está sendo feito e ficar fazendo serviço de zeladoria dos seus bairros e tirando a obrigação dos secretários que ganham muito bem para fazer esse seu seu trabalho”…, desferiu a vereadora Márcia da Coletiva de Mulheres.

A repercussão

De pronto, o líder de governo, vereador Anderson Benevides (Avante) evocou princípios democráticos e a autonomia e método de trabalhos de cada um.

…”todos nós vereadores temos algumas posturas diferentes, uma forma de trabalhar diferente, mas entre todos, eu tenho visto uma grande excelência no trabalho, um esforço sem medida de ajudar o munícipe, ajudar a nossa cidade. Eu acho muito bom bonito quando um vereador se dedica mesmo, que talvez não seja sua obrigação mas ele está fazendo bem para a cidade, para o bairro. então aqui fica o meu respeito a todos os vereadores independente do que vem exercendo, porque está fazendo bem. Nós temos aqui um vereador, como o Vereador Sapão, se me permite dizer vereado,r que foi descoberto um dom, e ajudando ali a SEJEL na revitalização das esculturas que estavam abandonadas pela gestão anterior. Temos um grande líder ali na região do Parque Aliança, como na região do Caçula, como na região da Quarta Divisão que tem os seus modos de trabalhar, que tem que ser respeitado porque se não agradasse não estaria aqui na Câmara Municipal, porque nós vivemos em um país democrático e fomos eleitos pelo povo. Sendo assim tivemos uma aceitação de uma classe e essas pessoas nos colocaram aqui, e de qualquer forma nós estamos aqui representando. Então fica aqui o meu respeito a todos. Devemos respeitar a opinião de cada um”, disse Anderson Benevides.

O presidente da Casa, vereador Guto Volpi também saiu em defesa do direito democrático e estilo de trabalho dos vereadores atacados parabenizando a proatividade dos parlamentares e uma política de resultado que recentemente conquistou R$ 400 mil em emenda para a cidade.

“Eu quero começar os meus 15 minutos reforçando a fala do vereador Anderson Benevides, do profundo respeito que eu tenho aos vereadores que se predispõe em qualquer circunstância a atender o seu bairro. Independentemente do executivo e independentemente do secretário, ele é proativo. O meu profundo respeito a todo vereador que tem essa proatividade. Nós temos bases eleitorais diferentes, temos demandas diferentes, relacionamentos diferentes e é a democracia que nos trouxe até aqui, um profundo respeito porque a representatividade da cidade está aqui na casa. E eu vou dar um exemplo fantástico que tive ontem o vereador Alessandro junto com Vereador Valdir gordo e com a ex-vereadora Cléo Meira. Nós fomos numa reunião no Podemos (partido) e voltamos com quase R$ 400 mil reais em emendas para cidades. Olha o resultado do vereador que saiu do bairro para atender seu partido e o seu partido o prestigia com emendas parlamentares em uma visita à São Paulo. Parabéns vereador Alessandro, parabéns vereador Gordo, obrigado a ex-vereadora Cléo Meira que sempre faz essa interlocução dos vereadores com o partido Podemos. Esse é um exemplo digno de quem tá legislando hoje aqui e é muito mais dinheiro vindo para Cidade do que muito vereador que fica só criticando ou vereadora. Isso é uma pegada só dos caras, isso é fantástico! Parabéns vereadores”, concluiu Guto Volpi.

Terminada a sessão, os vereadores Valdir O Gordo, Sapão, Leandro Tetinha e Alessandro Dias divulgaram vídeo nas redes sociais.

Acompanhe abaixo.

Deixe uma resposta