Gabriel Maranhão deve deixar governo Volpi

O ex-prefeito de Rio Grande da Serra e atual secretário de Obras de Ribeirão Pires, Gabriel Maranhão deve solicitar nos próximos dias a exoneração do cargo nos próximos dias. A saída de Maranhão será a primeira baixa no governo Volpi desde que tomou posse em 1º de janeiro deste ano.

Segundo as informações colhidas de fontes, Maranhão mantém diálogo com o prefeito e a sua saída pode acontecer até o final da próxima semana.

“Já há um entendimento sobre esta questão onde Maranhão deve pedir a sua saída voluntariamente para cuidar de assuntos pessoais. Tudo deve estar resolvido em breve após uma reunião que deve acontecer a partir da próxima semana”.

Por sua vez, Clovis Volpi já sonda nome que podem ocupar a pasta, onde o futuro secretário deverá ter um perfil mais técnico e menos político.

Antes da escolha de um novo nome para Obras, Volpi deve consultar o núcleo duro de seu governo e ouvir lideranças políticas da cidade.

Conforme noticiou o Repórter ABC, Gabriel Maranhão foi vítima de tentativa de um sequestro onde em razão do acontecido sofreu um disparo de arma de fogo de raspão na cabeça em que o projétil teria ficado alojado em seu ombro.

Deixe uma resposta