“A gestão Kiko foi um governo de roubos e palhaçadas”, diz Clóvis Volpi

Volpi denuncia superfaturamento na gestão Kiko Teixeira

O prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PL), deu início nesta 5ª feira (08.abr.2021), a uma série de Lives onde segundo gestor, pretende-se demonstrar diversas irregularidades encontradas na gestão do ex-prefeito Kiko Teixeira (PSDB).

Segundo as denúncias graves de superfaturamento, serão levadas ao conhecimento do Ministério Público para que sejam apuradas.

“São tantos erros, tantas falhas, tantas falcatruas do governo passado, uma verdadeira palhaçada.  Se fosse só um probleminha eu falaria hoje aqui 20 minutos 25 minutos. Assistam nesse momento o primeiro capítulo da novela ‘as desgraças que faziam em Ribeirão Pires. Eu vou levar ele para o Ministério Público o que se fez como dinheiro. O governo passado foi um verdadeiro roubo”, disse o prefeito.

No início de sua exposição, Clóvis Volpi falou sobre os valores elevados para o aluguel de geradores para o Hospital de Campanha.

De acordo com o prefeito, o ex-secretário de saúde, João Gabriel Vieira autorizou aluguel dos equipamentos por 15 dias ao valor R$ 41.850,00 utilizando-se de carta convite, modalidade onde a prefeitura indica o prestador de serviços. O valor refere-se aos últimos meses da gestão passada.

Para o mesmo período, Clóvis Volpi disse que alugou após pregão eletrônico um equipamento com maior capacidade por R$ 1.790,00. O valor pago nesta gestão representa pouco mais de 4% do que foi pago pela gestão do ex-prefeito Kiko Teixeira.

Ainda sobre aluguel de geradores para o Hospital de Campanha foram pagos mais 57.920,00 e no mês subsequente R$ 41.850,00. Os valores pagos em cada um deste 3 meses de 2021 foram de R$ 1.790,00.

“Vamos continuar falando a verdade e nosso objetivo é fazer um governo transparente. Assumimos o governo desta cidade em verdadeiro caos econômico. Estou cumprindo o prometido do ano passado de fazer sempre demonstrativos dos problemas que nós encontramos na cidade”.

O prefeito ainda fez um comparativo de valores praticados na compra de fitas para a medicação de glicemia (kit insulina).

“Esse caso é de assustar. O governo do ex-prefeito Kiko comprou 1.700.000 tiras (custo unitário de R$ 1,45) por R$ 2.465.000,00. No nosso governo, compramos mais e pagamos menos através do pregão eletrônico. Compramos 2.500.000 mil tiras (valor unitário de R$ 0,46) por 1.157.500,00. Foram 800.000 mil tiras a mais com o valor quase 53% menor”, afirmou Volpi.

Ainda na live, o atual prefeito apresentou valores elevados para a aquisição de medicamentos feitos pela gestão do ex-prefeito Kiko Teixeira. O vídeo pode ser assistido ao final desta matéria.

Na conclusão, o prefeito Clóvis Volpi apresentou comparativos de gastos da saúde entre os meses de janeiro, fevereiro e março de 2020 com os mesmos meses de 2021.

No primeiro trimestre de 2020, Kiko gastou R$ 35.456.179,00 contra 26.573.157,00 investidos por Volpi nestes seus primeiros 3 meses de governo.

No primeiro trimestre de 2021, os valores de recursos públicos foram 25% menores na comparação.

Deixe uma resposta