(VÍDEO) Ameaçadas de ataques incendiários, empresas tiram ônibus de circulação em Diadema

Prefeitura emitiu nota oficial e afirmou que Suzantur e MobiBrasil não poderiam colocar funcionários e usuários em risco

A Prefeitura de Diadema informou  que neste domingo (21.mar.2021), as empresas Susantur e MobiBrasil voltaram a recolher os ônibus devido à ameaça de novos ataques, o que poderia colocar funcionários e usuários em risco. A decisão foi tomada após aglomeração de motociclistas e pedestres na Vila Socialista, mesma região onde aconteceram os protestos no dia anterior.

Neste sábado (20.mar), um ônibus e um caminhão foram incendiados por manifestantes no início da noite na Vila Socialista, em Diadema. No mesmo local, na noite anterior, um rapaz foi morto ao tentar furar um bloqueio da Polícia Militar. A polícia investiga o caso.

Investigação

Dois homens de 23 anos e um de 27 são investigados por participação em incêndio de um ônibus, por volta das 20h30 deste sábado, na rua dos Operários, bairro Conceição, em Diadema.

Policiais militares foram acionados e, no local, constataram que um grupo havia ateado fogo em um ônibus durante uma manifestação popular, chegando a ferir o motorista do coletivo.

Os PMs foram recebidos com pedradas e, com a chegada de equipes de apoio, conseguiram dispersar a multidão.

Os três rapazes foram detidos no local, mas a vítima não reconheceu nenhum deles como sendo os responsáveis por atear fogo no veículo.

O caso foi registrado como incêndio e lesão corporal no 3ºDP de Diadema, sendo encaminhado ao 1ºDP da cidade para continuidade nas investigações.

Deixe uma resposta