Kiko Teixeira, com COVID-19 deixa UTI após dois dias internado

Secretário de Administração e Inovação de São Bernardo e ex-prefeito de Ribeirão Pires Adler “Kiko” Teixeira (PSDB), foi transferido para o quarto após passar dois dias na UTI (unidade de terapia intensiva) devido complicações causadas pela COVID-19.

Após apresentar baixa saturação de oxigênio, a equipe médica achou melhor internar o tucano em uma UTI para estabilizar a oxigenação nos pulmões do secretário.

A informação foi confirmada por sua mulher, Flavia Dotto, que também apresenta quadros leves causados pelo novo coronavírus. Flavia, entretanto, está cumprindo isolamento em casa e não precisou de acompanhamento médico.

“Nós dois fomos infectados. Mas durante a semana, Kiko começou a apresentar baixa saturação e achamos melhor levá-lo ao hospital. Na unidade de saúde, os médicos acharam melhor interná-lo em uma UTI, para realizar melhor acompanhamento”, declarou Flavia. Kiko está internado no hospital Santa Catarina, em São Paulo. “Não temos informação de quando ele (Kiko) poderá sair do hospital”, emendou.

Ainda segundo Flavia, os médicos não passam muitas informações sobre o estado de saúde do secretário, já que as inspeções são diárias.

“Só espero que ele consiga sair o quanto antes disso. Como ele foi medicado, apresentou melhora”, disse.

Após perder disputa para o Executivo de Ribeirão Pires no ano passado, Kiko foi nomeado para ser secretário de Administração e Inovação na Prefeitura de São Bernardo, a convite do próprio prefeito da cidade, Orlando Morando (PSDB).

Deixe uma resposta