ABC terá protestos de motoristas e cobradores na 2ª feira (22) com paralisações das 07h às 10h

De acordo com presidente do Sintetra, que representa a categoria, situação dos transportes na região é crítica; subsídios e prioridade de trabalhadores na vacinação são alguns dos pedidos na pauta

Está marcado para a manhã desta 2ª feira (22.mar.2021), uma séria de manifestação de motoristas, cobradores e outros profissionais de empresas de ônibus do Grande ABC. Os atos acontecerão em todos os municípios das 7h às 10h, com exceção de Rio Grande da Serra.

Entre as reivindicações está o pedido para que os trabalhadores dos coletivos sejam imunizados contra COVID-19, já que lidam direto com o público, segundo Leandro Mendes, presidente do Sintetra ABC (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Grande ABC).

De acordo com Mendes, nãose trata de greve e sim de protestos que serão feitos com cuidado para não causar tumulto. Ele explica que deixarão faixas livres para automóveis e ambulâncias passarem. Em Santo André, os ônibus seguirão juntos pela Avenida Coronel Alfredo Flaquer até o terminal, onde ficarão parados por cerca de duas horas.

Outra reclamação, segundo o presidente do Sintetra, é sobre os atrasos nos pagamentos dos trabalhadores, desde o mês de Janeiro. Além do salário, os trabalhadores reclamam atrasos em convênios médico e odontológico, de vale-alimentação.

Sem citar nomes, afirma que há empresa que está parcelando PLR (Participação nos Lucros e Resultados) referente a 2019. Ele alega que somente em Santo André estão em dia com o salário, já que há subsidio da prefeitura. Mendes afirma que nos outros municípios há problemas. A ação visa protestar por apoio financeiro às empresas, por meio de subsídios, para que os postos de trabalho sejam mantidos. O sindicalista alega que caso o governo não faça nada, futuramente irão parar tudo.

Deixe uma resposta