Justiça de São Bernardo proíbe empresário que ameaçou Lula de divulgar novos vídeos

O juízo da 7ª Vara Cível de São Bernardo do Campo deferiu liminar determinando que o empresário bolsonarista José Sabatini se abstenha de reproduzir ou compartilhar o vídeo em que aparece proferindo ameaças contra o ex-presidente Lula.

A decisão judicial também impede que o agressor divulgue “demais conteúdos de mesmo teor”, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 até R$ 100.000,00.  A decisão proferida na tarde desta 3ª feira (16.mar.2021), atendeu Ação Indenizatória ajuizada pelo presidente Lula no domingo à tarde.

No sábado,  13, o empresário “de arma em punho, postou vídeo em seu perfil de Facebook, em dispara em alvos ao ar livre e profere xingamentos de baixo calão ao ex-presidente Lula.

De acordo com o advogado da causa, Eugênio Aragão, do Escritório Aragão e Ferraro Advogados “o direito à liberdade de expressão possui limites e não deve ser razão, por exemplo, para o cometimento de crimes – como no presente caso”.

Abaixo a decisão.

Deixe uma resposta