Governo autoriza e antecipa reajuste de até 4,88% sob o preço de 19 mil remédios

O aumento de até 4,88% nos preços de cerca de 19 mil medicamentos foi antecipado em 15 dias

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) autorizou um aumento de até 4,88% nos preços de cerca de 19 mil medicamentos comercializados no Brasil. O aumento foi antecipado em 15 dias pelo Comitê Técnico-Executivo da CMED, órgão subordinado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com reportagem do G1, a decisão da CMED foi tomada durante uma reunião realizada no último dia 12 e a portaria que autoriza o aumento, publicada nesta segunda-feira (15), não explica a razão da antecipação. Uma resolução da própria Camed estabelece que os reajustes sejam reajustados no dia 31 de março de cada ano.

No ano passado, o governo Jair Bolsonaro adiou o reajuste dos medicamentos por um período de 60 dias em função da pandemia da Covid-19. Em junho,  foi autorizado um reajuste de até 5,21%.

Deixe uma resposta