Prefeitura de RP divulga nota sobre morte de paciente que aguardava vaga no CROSS neste sábado (13)

A prefeitura de Ribeirão Pires divulgou Nota Oficial ao final da tarde deste sábado (13.mar.2021) confirmando mais uma morte confirmada em Ribeirão Pires de paciente que estava na UPA à espera de uma vaga pelo Sistema de Regulação de Vagas do Estado de São Paulo (CROSS).

Segundo a nota, trata-se de uma mulher de 59 anos, que estava internada na UPA Santa Luzia e faleceu no dia de hoje 13 de março de 2021.

Até o momento, entre os dias 1º e 13 de março, a cidade registrou sete mortes de pacientes que aguardavam vagas no sistema CROSS e hoje, 24 pessoas em Ribeirão Pires aguardam vagas na fila do sistema estadual.

A nota trás ainda uma fala do prefeito, Clóvis Volpi que diz sobre as dificuldades em que o município enfrenta para manter o Hospital de Campanha em funcionamento justificando de que não recebeu nenhuma resposta sobre as demanda apresentadas junto aos governos estadual e federal.

“Estou alertando o Governo do Estado há 22 dias sobre a falta de leitos no sistema Cross na região, e a dificuldade de manter financeiramente nosso Hospital de Campanha. Não houve nenhuma resposta sobre as nossas demandas, e infelizmente a tragédia que foi anunciada começa ser vivida na nossa cidade” disse o Prefeito Clovis Volpi e completou: “Estamos perdendo vidas por negligência do Estado e da União. Os profissionais da Saúde de Ribeirão Pires estão fazendo tudo que podem para salvar essas vidas, mas precisamos que o governador olhe para nossa cidade com mais sensibilidade”, desabafou o prefeito Clovis Volpi.

O Hospital de campanha opera com 36 pacientes internados, com 100% da ocupação dos leitos de emergência e enfermaria.

Leia abaixo a íntegra da Nota Oficial da prefeitura de Ribeirão Pires.

Nota Oficial: Mais uma morte confirmada em Ribeirão Pires de paciente que estava na UPA à espera de uma vaga CROSS

A Prefeitura de Ribeirão Pires confirma a morte de mais um paciente que aguardava vaga no CROSS (Sistema de Regulação de Vagas do Estado de São Paulo). Trata-se de uma mulher de 59 anos, que estava internada na UPA Santa Luzia e faleceu no dia de hoje 13/03/2021.

Até o momento, entre 1 e 13 de março, a cidade registrou sete mortes de pacientes que aguardavam vagas no sistema CROSS. Hoje, 24 pessoas em Ribeirão Pires aguardam vagas na fila do sistema estadual.

“Estou alertando o Governo do Estado há 22 dias sobre a falta de leitos no sistema Cross na região, e a dificuldade de manter financeiramente nosso Hospital de Campanha. Não houve nenhuma resposta sobre as nossas demandas, e infelizmente a tragédia que foi anunciada começa ser vivida na nossa cidade” disse o Prefeito Clovis Volpi e completou: “Estamos perdendo vidas por negligência do Estado e da União. Os profissionais da Saúde de Ribeirão Pires estão fazendo tudo que podem para salvar essas vidas, mas precisamos que o governador olhe para nossa cidade com mais sensibilidade”, desabafou o prefeito Clovis Volpi.

O Hospital de campanha está com 36 pacientes internados, com 100% da ocupação dos leitos de emergência e enfermaria.

Deixe uma resposta