Estados estão com leitos de COVID acabando. Ao menos 4 já estão em 100%

Os 26 estados brasileiros mais o distrito federal estão com as suas capacidades de leito para dos 70%, níveis máximo recomendado pelo Ministério da Saúde e autoridades de Saúde.

Os dados são do CoronavirusBot, plataforma independente que compila dados das secretarias de saúde para montar a lista, a qual está com atualização até o dia 11 de março.

Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso têm as piores situações. Os sistemas de saúde gaúcho e sul-matogrossense já operam acima da capacidade, aponta o levantamento.

No Rio Grande do Sul, o governo estadual decretou a bandeira preta em todo o território. Esse é o nível mais rigoroso de isolamento social, usado devido ao risco altíssimo de transmissão do coronavírus.

No Mato Grosso do Sul, o governo reconhece que a abertura de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tem sido insuficiente para abarcar a demanda de novos doentes. Por causa disso, o Executivo estendeu o alcance do toque de recolher. A partir de amanhã (14.mar), será proibido circular nas ruas das 20h às 5h.

Em Santa Catarina, 99,09% dos leitos disponíveis estão ocupados. O Estado decretou bandeira vermelha em todas as cidades, o 2º nível mais alto de restrições de distanciamento. No Mato Grosso, onde a ocupação é ligeiramente menor, 99%, o governo alterou o método de classificação de risco nos municípios.

Veja no infográfico abaixo as taxas de ocupação de leitos nos 26 Estados e no Distrito Federal:

Deixe uma resposta