Estado de SP tem recorde de óbitos e internações na UTI. Grande SP preocupa sem vagas em leitos

O número de pacientes internados é de 22.555. O estado de São Paulo registrou uma média móvel de 352 mortes diárias. A média móvel de casos diários está em 12.266. Somente nas últimas 24h foram registradas 521 óbitos e 15.720 casos

O estado de São Paulo registrou nesta 6ª feira 12.mar.2021), uma média móvel de 352 mortes diárias. A média móvel de casos diários está em 12.266. Somente nas últimas 24h foram registradas 521 óbitos e 15.720 casos. O número de mortes é o mais alto desde o início da pandemia. Com estes números, São Paulo tem 2.179.786 casos e 63.531 óbitos.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 89,4% na Grande São Paulo e 87,6% no Estado. O número de pacientes internados é o maior em toda a pandemia, com 22.555, sendo 12.778 em enfermaria e 9.777 em unidades de terapia intensiva, conforme dados desta sexta-feira.

Em seu site, o governo de São Paulo falou em “recrudescimento da pandemia” e reforçou “a importância sobre o respeito ao Plano São Paulo e as medidas de distanciamento pessoal, uso de máscaras e higiene das mãos. É fundamental neste momento que a população fique em casa”.

Deixe uma resposta