Aras vai recorrer da decisão de Fachin que anulou condenações de Lula

Recurso da PGR deve ser apresentado nos próximos dias. O recurso pode pedir ao ministro Edson Fachin que modifique seu entendimento ou solicitar que o tema seja levado para julgamento dos demais ministros

A Procuradoria-Geral da República (PGR) vai recorrer da decisão do ministro do Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva relacionadas à Lava Jato proferidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, já determinou à sua equipe que prepare um recurso contra a decisão, informa reportagem do Globo.

O recurso da PGR pode pedir ao próprio Fachin que modifique seu entendimento ou solicitar que o tema seja levado para julgamento dos demais ministros, seja na Segunda Turma do STF ou no plenário da Corte. O recurso deve ser apresentado nos próximos dias.

Deixe uma resposta