Lockdown: Santo André intensifica fiscalização no fim de semana

Vistorias foram realizadas com o objetivo de garantir o cumprimento das regras do lockdown noturno e da fase vermelha do Plano São Paulo

A Operação Comércio Responsável, composta por equipes do Departamento de Controle Urbano, Semasa e Guarda Civil Municipal (GCM), realizou na madrugada desta sexta-feira (5) e neste sábado (6) ações em 34 bairros da cidade.

Foram fiscalizados 219 estabelecimentos

As vistorias foram realizadas com o objetivo de garantir o cumprimento das regras do lockdown noturno e da fase vermelha do Plano São Paulo, que teve início à meia-noite do sábado.

“Respeitar o lockdown e a fase vermelha é fundamental para conter o avanço do ritmo de contaminação. Por isso, vamos intensificar a fiscalização para coibir as aglomerações e festas clandestinas, como forma de frear o avanço do vírus. Proteção e cuidado com a nossa gente. Agora, é cada um cuidando do outro”, pontuou o prefeito Paulo Serra.

Nesses dois dias foram fiscalizados 219 estabelecimentos, que resultaram em 77 orientações, sete termos de compromisso, uma multa em um bar no Centro e uma interdição de um bar no Parque Novo Oratório. Entre os bairros fiscalizados estão Campestre, Utinga e Jardim Santo André.

O lockdown noturno, que restringe funcionamento das atividades das 21h às 4h, entrou em vigor em 27 de fevereiro com o intuito de evitar a disseminação do novo coronavírus. Denúncias podem ser feitas por meio do aplicativo Colab, disponível para os sistemas Android e iOS.

A partir da meia-noite deste sábado, Santo André entrou na fase vermelha do Plano São Paulo. Entre os dias 6 e 19 de março poderão funcionar na cidade apenas os serviços considerados essenciais. As regras de funcionamento das atividades foram publicadas em decretos do prefeito Paulo Serra.

Deixe uma resposta