Em vídeo, Bolsonaro promove spray nasal sem comprovação de eficacia, enquanto Brasil bate recorde de mortes

No vídeo, Bolsonaro se defende das críticas, dizendo: “Se eu falasse que sou contra, o pessoal iria atrás”

Enquanto o Brasil atingiu o recorde de mortes diárias pela Covid-19 (1.910), Jair Bolsonaro busca adquirir um spray nasal (EXO-CD24) israelense sem eficácia comprovada cientificamente.

Em seu Twitter, o presidente postou um vídeo detalhando a missão da comitiva, encabeçada pelo chanceler Ernesto Araújo, que será enviada à Israel.

Nele, Bolsonaro também se defendeu das críticas, dizendo: “Se eu falasse que sou contra, o pessoal iria atrás”.

O que é o Spray Nasal EXO-CD24?

O EXO-CD24 é uma proteína desenvolvida originalmente para tratar câncer no ovário. Mas, recentemente, pesquisadores do  hospital Tel-Aviv Sourasky Medical Center decidiram testá-la no combate à Covid-19. Um estudo preliminar realizado com 30 pacientes, em estado moderado a grave, mostrou que 29 se recuperaram de três a cinco dois dias após o uso inalável do fármaco. O 30º paciente também se recuperou, mas de forma mais lenta. A posologia descrita é a seguinte: uma aplicação a cada 24 horas ao longo de cinco dias.

Embora promissores, esses resultados ainda são extremamente iniciais. Para comprovar a eficácia do
tratamento, é necessário incluir um grupo maior de pacientes e, em metade deles, administrar um placebo
para comparar como o doença se desenvolve nos dois grupos. Vale lembrar que diversos medicamentos que
pareciam promissores contra a doença na fase inicial de testes não tiveram sucesso quando chegou à
derradeira fase 3, que compara sua eficácia com o placebo. Portanto, até que testes mais robustos tenham sido realizados, é preciso cautela. O Centro Médico Ichilov, em Tel-Aviv, já solicitou ao Ministério da Saúde local permissão para a realização de um ensaio de fase 2, que inclui um número maior de pacientes e permite avaliar melhor a segurança e o potencial de ecácia do fármaco.

No tratamento da Covid-19, o EXO-CD24 atua no combate à tempestade de citocinas, uma reação exagerada do sistema imune que se acredita ser responsável por muitas das mortes associadas à doença. O composto usa exossomos — pequenos sacos transportadores de materiais — que levam a proteína CD24 aos pulmões. Esta proteína ajuda a acalmar o sistema imunológico e conter a tempestade. Como é inalado, ele vai diretamente aos
pulmões, sem causar efeitos colaterais.

Deixe uma resposta