Justiça autoriza quebra do sigilo bancário de Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial

Quebra do sigilo de Valdemiro Santiago, fundador e líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, uma das maiores instituições neopentecostais do país, acontece no âmbito de um processo aberto pelo proprietário de um imóvel que cobra aluguéis não pagos pela instituição

A juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, determinou a quebra do sigilo bancário do apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, e do presidente em exercício da igreja, Mateus Machado de Oliveira. O objetivo, de acordo com reportagem do jornal Folha de S. Paulo, é descobrir se o patrimônio da instituição religiosa se confunde com o de Santiago. A Igreja Mundial é uma das maiores instituições neopentecostais do país.

A quebra do sigilo acontece no âmbito de um processo aberto pelo proprietário de um imóvel em Guararema, no interior de São Paulo, que cobra 22 mil em aluguéis não quitados pela igreja. O dono do imóvel pede que Santiago e Oliveira sejam responsabilizados pela dívida e afirma que o apóstolo tem uma “nababesca” sendo “pública e notória a sua conexão com a Mundial”.

Em sua defesa, Valdemiro e Mateus afirmam que a dívida é da igreja e que eles não podem ser responsabilizados. “Valdemiro Santiago não faz parte do contrato social da igreja e nem assinou o contrato de locação como fiador”, dizem os advogados dos religiosos.

Deixe uma resposta