Câmara de RP endurece regras para evitar contágio pela COVID-19

O presidente da Câmara de Ribeirão Pires, Guto Volpi editou na última 2ª feira (1º.mar.2021), o Ato nº 002/2021 como medida para evitar o contágio pelo vírus da COVID-19 entre servidores, munícipes e vereadores.

Em conversa telefônica com o presidente na tarde de ontem, Guto disse ao Repórter ABC que essa medida está sendo tomada diante o agravamento no número de casos da pandemia COVID-19 na cidade e das incertezas quanto ao futuro.

“Não temos outra alternativa. Temos que agir antes que as situação se agrave e o distanciamento social, a higienização e a inibição dos contatos físicos são hoje a melhor saída”, justificou.

Pelo Atonº 002, já publicado no Diário Oficial da cidade, “Fica restringido o atendimento presencial ao público, pelos gabinetes do Senhores Vereadores e Senhoras Vereadoras, que deverá ser previamente agendado, sendo permitido apenas 05 agendamentos por dia, durante o horário de expediente. Durante as Sessões Ordinárias, ficam restritos o acesso ao Plenário aos Vereadores, funcionários indispensáveis sendo 1 assessor por Vereador, restando vedado ao público e à imprensa”.

Segundo ainda Guto Volpi, a depender do quadro novas medidas mais duras poderão ser tomadas pela Casa.

“Estamos monitorando a situação e não está descartado por exemplo, o fechamento da Câmara como medida de segurança de todos os que transitam pela Casa”.

Na conclusão, ele solicitou a todos os munícipes que, permaneçam o máximo possível em suas casas, que evitem aglomerações e que façam as devidas higienizações com álcool, sabão e que não participem de reuniões, festas e outros eventos que patrocinem contado físico ou aglomeração e que todos usem sempre máscaras.

Deixe uma resposta