China deve produzir 1 bilhão de vacinas com ampliação de indústria

© Divulgação/Instituto Butantan A Sinovac afirmou que deve aumentar a capacidade de produção da CoronaVac para 1 bilhão de doses no ano

A vacina CoronaVac, usada no plano nacional de imunização brasileiro, passará a ser produzida em maior quantidade pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, informou o CEO da companhia, Yin Weidong, ao portal Xinhua nesta 5ª feira (21.jan.2021).

A expansão serve para atender à demanda global pelo imunizante, incluindo solicitações do Brasil.

“A Sinovac recebeu pedidos de vacinas do Brasil, Indonésia, Turquia, Chile e outros países e regiões”, informou Weidong. “Estamos fazendo todos os esforços para expandir a capacidade de produção”.

Segundo Weidong, a Sinovac construiu uma segunda linha de produção, que começara a funcionar em fevereiro, elevando a capacidade de produção anual para 1 bilhão de doses. O CEO da Sinovac afirmou que “enfrenta incertezas relacionadas à pandemia” e a demanda por vacinas, “que não serão respondidas apenas com o modelo usual de oferta de demanda”.

Deixe uma resposta