8 de outubro, Dia do Nordestino: data homenageia Patativa do Assaré

Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do Assaré, ícone da cultura nordestina, também conhecido como Camões do Agreste

Nesta quinta-feira, 8 de outubro, é comemorado o Dia do Nordestino. A data foi criada pela Câmara de São Paulo em 2009, pela Lei. 14.952, em homenagem ao ao centenário do poeta, cantor e compositor cearense Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré.

A região Nordeste é composta pelos estados do Maranhão, Alagoas, Bahia, Ceará, Piauí, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, a região brasileira esbanja riqueza cultural através dos diversos ritmos e costumes. Depois do Nordeste, São Paulo é o estado brasileiro onde há a maior concentração de nordestinos em todo o Brasil

Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré, nasceu em 1909, no sítio Serra de Santana, uma pequena propriedade rural no município de Assaré, no Sul do Ceará. O poeta foi um dos principais representantes da arte popular nordestina do século 20 com um trabalho que retrata a vida sofrida e árida do povo do sertão por meio de uma linguagem simples, porém poética.

Em 8 de julho de 2002, já sem sem audição e totalmente cego, Patativa faleceu em consequência da falência de múltiplos órgãos, em sua casa, em Assaré.

Acompanhe abaixo um dos mais belos poemas do Poeta Patativa do Assaré: Cante lá, que eu canto cá

Deixe uma resposta