Candidato a vereador de MG é assassinado durante live; suspeito é o irmão do prefeito

“Aqui, agora chegando o secretário para me agredir”. Foram essas as últimas palavras de Cassio Remis (PSDB), que fazia uma live sobre uma obra irregular em Patrocínio (MG); suspeito é o secretário de Obras, irmão do prefeito

O ex-presidente da Câmara Municipal de Patrocínio (MG) e pré-candidato a vereador, Cassio Remis (PSDB), foi assassinado na tarde desta quinta-feira (24) enquanto fazia uma transmissão ao vivo em suas redes sociais.

O tucano denunciava que a prefeitura estaria fazendo uma reforma no local onde seria o comitê eleitoral do atual prefeito da cidade, Deiró Marra (DEM), que é candidato à reeleição, quando foi surpreendido pela chegada do secretário de Obras da cidade, Jorge Marra, irmão de Deiró.

“Aqui, agora chegando o secretário para me agredir”. Essas foram as últimas palavras de Remis antes da transmissão ser interrompida.

Deixe uma resposta