Moradora de Ribeirão Pires tem duas parcelas do auxílio emergencial furtadas por colega

Uma moradora de Ribeirão Pires teve duas parcelas de seu auxílio emergencial furtadas por uma colega que estava lhe auxiliando no procedimento de solicitação e retirada do benefício.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima teria solicitado ajuda para efetuar o cadastro no portal, tendo a suspeita realizado em seu próprio celular.

A primeira parcela do benefício caiu normalmente na poupança digital, e o valor foi utilizado pela vítima. No entanto, a segunda e a terceira não foram repassadas a ela, como a anterior. Na agência da Caixa Econômica, a moradora foi informada que os valores haviam sido movimentados através do aplicativo Pic Pay e utilizados em supermercados da cidade.

O caso foi registrado como estelionatário pela Delegacia Eletrônica e encaminhado à Delegacia de Polícia de Ribeirão Pires, onde serão adotadas as medidas necessárias.

Deixe uma resposta