EUA se antecipa e compra toda a produção de vacinas contra COVID-19 de dois laboratórios

Os Estados Unidos fecharam hoje um acordo com as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para comprar, ainda em 2020, 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19.

As empresas informaram que não devem conseguir produzir mais do que isso neste ano.

Comunicado emitido pelas farmacêuticas afirma que o governo americano fez um pedido inicial de 100 milhões de doses e vai desembolsar um total de US$ 1,95 bilhão (cerca de R$ 10 bilhões) por elas, após a aprovação da profilaxia pela Agência de Alimentos e Drogas dos EUA (FDA, na sigla em inglês).

O acordo firmado ainda prevê entrega de até 600 milhões de doses aos EUA ao longo do ano seguinte.

Só quero ver a cara dos que forem obrigados a tomar a vacina chinesa ou russa. Vai ser grande o constrangimento. Um desbunde total! Para o teste dos grandes laboratórios, 5.000 brasileiros serão cobaias. Mas para uso mesmo, só na Matriz. Luís Carlos Nunes

Deixe uma resposta