Mauá: Polícia Civil prende trio com mais de 20 mil porções de drogas e R$ 52,6 mil

A Polícia Civil prendeu três homens, entre 28 e 56 anos, e uma mulher de 35, integrantes de uma organização criminosa focada no tráfico de entorpecentes. A ação aconteceu na manhã de terça-feira (26), em Mauá, região metropolitana de São Paulo.

 

Equipes do 55º Distrito Policial do Decap, durante trabalho investigativo, descobriram que um grupo organizado se dedicava ao comércio de substâncias ilícitas na cidade e também nos municípios de Suzano e São Paulo.

Com as provas obtidas, foram expedidos mandados de busca e apreensão em endereços utilizados pela quadrilha, cumpridos ontem por duas equipes da delegacia.

Na rua Bartolomeu de Gusmão, foi interceptado um carro com um dos criminosos, que havia estacionado em frente a um imóvel suspeito. Questionado, o homem confessou a existência de drogas dentro da casa.

Dentro da residência foi localizado um casal, também integrante do grupo, e grande quantidade de drogas. Também foram encontradas calculadoras, embalagens, papeis de seda, caderno e anotações avulsas, além de outros utensílios, celulares e um segundo veículo.

Em um outro endereço alvo da investigação, na rua Brasil, o quarto suspeito foi capturado. No local, foram localizados mais três carros, mais entorpecentes, arma, máquina de contar cédulas, anotações, celulares e alto valor em dinheiro.

Ao todo, a ação resultou na apreensão de 40 tijolos e 7.911 porções de maconha, 2.252 porções de crack e 13.136 de cocaína, além de 110 frascos de lança-perfume. Também foram recolhidos uma máquina de contar cédulas, cinco balanças de precisão, duas calculadoras, um caderno e anotações avulsas, assadeiras, martelo de borracha, dichavador, 19 celulares, sete facas, um revólver calibre 38, mais de R$ 52 mil e os cinco veículos localizados, sendo três com compartimentos secretos.

Foram solicitados exames aos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) e os quatro suspeitos presos em flagrante. Eles foram levados ao distrito policial, onde foram autuados por tráfico e associação ao tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Deixe uma resposta