Santo André entrega hospital de campanha do Estádio Bruno José Daniel

Espaço conta com 120 leitos e tem capacidade para atender pacientes de baixa, média e alta complexidade de Covid-19

A Prefeitura de Santo André entregou nesta quarta-feira (29) o segundo hospital de campanha do município, localizado no Estádio Bruno José Daniel. Com cerca de 1.400 m², o local abriga 120 leitos, sendo 10 de UTI, e terá capacidade de atender pacientes de baixa, média e alta complexidade com suspeita ou confirmação de Covid-19.

A iniciativa faz parte de um amplo planejamento realizado pela Prefeitura desde o início da pandemia, que levou a cidade a se preparar com antecedência e estruturar a rede de saúde para melhor atender a população. Com a inauguração do espaço, o município passa a contar com 300 leitos da rede municipal de saúde exclusivos para tratamento de pacientes com casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus.

O primeiro hospital de campanha de Santo André foi instalado no Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia e inaugurado em 15 de abril. O local conta com 180 leitos, sendo 20 de UTI.

“Com gestão e planejamento, estamos conseguindo ficar à frente da evolução da Covid-19 em Santo André. Com este segundo hospital de campanha pronto, podemos desafogar o Centro Hospitalar Municipal e garantimos o atendimento à nossa gente, quando a taxa de ocupação do Complexo Pedro Dell’Antonia começar a saturar”, comentou o prefeito Paulo Serra, que visitou as instalações no Estádio Bruno Daniel nesta quarta.

Algumas áreas de apoio estão funcionando em estruturas do próprio estádio, como almoxarifado, farmácia, banheiros e vestiário para funcionários, administração, refeitório e sala de reunião.

O hospital de campanha do Estádio Bruno José Daniel começará a ser utilizado assim que o hospital de campanha do Complexo Pedro Dell’Antonia atinja 70% de ocupação dos seus 180 leitos. Atualmente o local tem cerca de 30% da ocupação.

A Prefeitura de Santo André também está instalando um terceiro hospital de campanha, na Universidade Federal do ABC (UFABC). Serão 100 novos leitos, com previsão de inauguração para o mês de maio. Somando todas as entregas, o município vai totalizar 400 novos leitos.

A Secretaria de Saúde reforça que as UPAs e Unidades de Saúde continuam sendo a referência para o atendimento inicial de casos de coronavírus. Os hospitais de campanha funcionam como retaguarda do serviço público de saúde e os pacientes chegam, exclusivamente, transferidos por ambulâncias.

Deixe uma resposta