PGR instaura inquérito para apurar denúncias de Moro contra Bolsonaro

O Procurador Geral da República, Augusto Aras instaurou Inquérito para para apuração de supostos fatos noticiados em pronunciamento do ora Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Fernando Moro, iniciado às 11h00 do dia 24 de abril de 2020, no auditório Tancredo Neves, localizado no Palácio da Justiça, edifício-sede do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ver documento em sua íntegra ao final da matéria.

“Instaurado o inquérito, e na certeza da diligência policial para o não perecimento de elementos probatórios, o PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA reserva-se para acompanhar o apuratório e, se for o caso, oferecer denúncia”, assinou Augusto Aras.

Deixe uma resposta