“Moro fica”, diz Braga Netto

Apontado como “presidente operacional”, o ministro-chefe da Casa Civil, general Braga Netto, afirmou na noite desta quinta-feira (23) que o ministro Sérgio Moro não deixará o governo. “A assessoria do ministro Moro já desmentiu a saída dele agora do governo”, disse ele

O ministro-chefe da Casa Civil, general Wlater Braga Netto, afirmou na noite desta quinta-feira, (23) que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, continua no cargo.

“A pergunta sua é por causa dessas notícias que estão correndo, vou te responder simplesmente o seguinte: a assessoria do ministro Moro já desmentiu a saída dele agora do governo”, afirmou Braga Netto, ao responder a jornalista durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

O diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, vai deixar o cargo para o qual foi escolhido pessoalmente pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, desde o início do governo Jair Bolsonaro. Moro trabalha para fazer o sucessor de Valeixo no cargo e disse que não aceita a escolha de um nome do presidente ou uma indicação política. Se isso ocorrer, o ministro vai deixar o governo.

Segundo a jornalista Thaís Oyama, colunista do UOL, Bolsonaro não apenas quer a saída de Valeixo como insiste em nomear para o seu lugar o delegado Alexandre Ramagem, atual diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

“Já Sérgio Moro dá mostras de que poderia até aceitar a demissão de Valeixo, mas não engolirá um substituto que não seja indicado por ele”, diz a jornalista.

Deixe uma resposta