Guto Volpi vai assumir como vereador em vaga aberta na Câmara de Ribeirão Pires

Guto Volpi deverá será comunicado nos próximos dias para assumir mandato como vereador de Ribeirão Pires após vaga aberta após o lamentável falecimento do do titular João Lessa ocorrido na madrugada do último domingo (19).

Guto Volpi nas eleições municipais de 2016 concorreu pelo antigo entre PR, atual PL em coligação com o PSDB ficando na 1ª suplência, obtendo na oportunidade 689 (1,09%) votos. Na lista geral, ele foio 11º mais votado mas por motivos da extinta formatação eleitoral que permitia a coligação partidária em disputas para cargos proporcionais não teve votos suficientes em contagem que levavam em consideração o quociente eleitoral.

Em conversa com Guto Volpi na manhã desta segunda-feira (20), ele informou que ainda não foi comunicado pela Câmara Municipal mas que está a disposição para a posse.

“Essa não é maneira que eu esperava para assumir um mandato. João Lessa foi um grande homem e lamento muito o seu falecimento, mas sou o 1º suplente e a legislação me garante ocupar a vaga em aberto”, disse Guto Volpi ao Repórter ABC.

Segundo informou o presidente da Câmara Municipal,vereador Rato Teixeira (PTB) ao Repórter ABC, “Vamos entrar em contato com o Guto ainda nesta segunda-feira (20).

“Hoje, estarei reunido na Câmara para tratar deste assunto, segundo o Regimento Interno da Casa,  o vereador só pode assumir mandato durante sessão legislativa, e em razão da pandemia do coronavírus os trabalhos da Casa estão suspensos temporariamente”, explicou o presidente Rato Teixeira.

Rato Teixeira, em razão da suspensão temporária do trabalhos na Casa de Leis, estuda editar um decreto convocando Guto Volpi via decreto pela mesa diretora do parlamento.

Consta no Regimento Interno da Câmara de Ribeirão Pires, em seu artigo 62, § 2º que “dentro do prazo de 15 (quinze) dias, o Vereador ou suplente convocado, poderá tomar posse em qualquer fase da sessão, devendo apresentar o diploma respectivo e a declaração pública de bens” e em seu artigo 72, “no caso de vaga ou licença, será convocado o suplente de Vereador, que deverá tomar posse no prazo de 05 (cinco) dias, contados da convocação, salvo motivo justo e aceito pela Câmara, que fixará o prazo de prorrogação.”

Segundo ainda consta no artigo 75, “a extinção do mandato verifica-se quando ocorrer falecimento ou renúncia por escrito do Vereador, e será declarado pelo Presidente da Câmara”.

Luiz Gustavo Pinheiro Volpi, o Guto Volpi, tem 48 anos, é administrador de empresas e em Ribeirão Pires foi o titular da Secretaria da Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo (SEJEL) de Ribeirão Pires no governo do ex-prefeito Clóvis Volpi.

PL passa a ter a maior bancada no Parlamento de Ribeirão Pires

Em função da “janela partidária” que autorizou vereadores em mandato trocarem de partido político sem a perda dos respectivos mandato,o PL passa a ter a maior bancada na Câmara municipal.

Migraram para a sigla os vereadores Rubão Fernandes, Paulo Cesar (PC) e Danilo Afonso, que agora congregados com Anselmo Martins e Guto Volpi elevam o PL – antigo PR – para a maior bancada parlamentar da Câmara Municipal de Ribeirão Pires, com 5 vereadores.

Deixe uma resposta