Doria reage a carreata contra quarentena na Av. Paulista: “são aliados da doença”

Governador de São Paulo critica buzinaço de bolsonaristas que pediram “Fora Doria” neste sábado, em protesto contra o isolamento social. Para ele, ato visa “sabotar o trabalho de profissionais de saúde, que continuam lutando para salvar vidas”

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou no Twitter a manifestação de bolsonaristas contra o isolamento social na Avenida Paulista na tarde e noite deste sábado 18. A quarentena no estado de São Paulo foi prorrogada nesta sexta-feira 17 para até 10 de maio para combater o novo coronavírus.

Cerca de cem veículos participaram de um buzinaço. De dentro dos cerca de cem veículos que estavam no ato, os motoristas gritavam pedindo “Fora Doria”, em defesa de Jair Bolsonaro e contra a Globo e a CNN, cuja sede fica no local. Para Doria, os manifestantes “são aliados da doença”.

“Neste sábado São Paulo chegou a 991 mortos e a doença já atingiu 225 cidades do nosso Estado. No mesmo dia, algumas manifestações a favor do coronavírus sugiram como ato de sabotar o trabalho de profissionais de saúde, que continuam lutando para salvar vidas”, postou o governador em sua conta na rede social.

Deixe uma resposta