Bolsonaristas desrespeitam quarentena e marcam ato pelo fechamento do Congresso, STF e governos estaduais

Grupos bolsonaristas desrespeitam a quarentena mais uma vez. Marcaram atos em frente aos quartéis de todo o país no próximo domingo, Dia do Exército. Exigirão intervenção militar e fechamento do Congresso, STF e dos governos estaduais

Estimulados por Jair Bolsonaro, que nesta quinta-feira (16) voltou a atacar o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), bolsonaristas estão usando as redes sociais para convocar um novo ato pelo fechamento do Congresso Nacional, do Supremo Tribunal Federal (STF), além das medidas impostas por governos estaduais e municipais.

Nas redes sociais, o ato está marcado para o dia 19, Dia Do Exército, em frente aos quartéis de todo o país, quebrando recomendações de quarentena decretada por quase todos os governos estaduais e municipais.

“O momento é grave e só poderemos contar com as nossas Forças Armadas para fechar as instituições, o Congresso Nacional, o STF, os STJs, governos estaduais, municipais, as câmaras de vereadores e deputados de todo o Brasil, conservando o cargo do presidente e seus ministros que não estão podendo exercer os seus projetos de governo para o bem da nação brasileira”, diz um vídeo sobre o ato divulgado pelo grupo autointitulado “Brasil, Pátria Livre do Comunismo”, que concentra discursos de bolsonaristas e da extrema direita no Youtube.

Confira o vídeo:

No Twitter, os atos contra a democracia e as instituições estão sendo convocados com as hashtags #BolsonaroFica #ForaSTF #ForaCongressoNacional.

Deixe uma resposta