Juiz João afirma que denunciará Atila ao MP por suspeitas em contratos do Hospital de Campanha

O Juiz João Veríssimo utilizou as suas redes sociais na tarde deste sexta-feira (10) para anunciar que entrará com representação junto ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) contra o prefeito de Mauá, Atila Jacomuussi por suspeitas em contratos de construção e gerenciamento do futuro Hospital de Campanha da cidade.

“Mauá não vai engolir mais essa! Entro hoje no Ministério Público Estadual e no GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) com pedidos de apuração sobre a contratação emergencial da ONG ATLANTIC por mais de R$ 3 milhões para gerenciar os 30 leitos, por três meses, do Hospital de Campanha criado em Mauá para atendimento dos casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19)”, disse.

Acompanhe abaixo o vídeo e texto publicado.

Deixe uma resposta