Clóvis Volpi rebate ataque de Flávia Banwart: “Falta experiência e espero que aprenda em seu noviciado”

O ex-prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi após ser contatado pelo Repórter ABC depois de publicação feita com o título “Secretária de Educação, Flávia Banwart assedia, cobra engajamento político e pune com transferências”ver aqui – disse ter ficado surpreso com o conteúdo da matéria.

Em entrevista disse:

“Fiquei surpreso com a quantidade de desrespeito da secretária de educação por confundir situações que em nada refletem a realidade ou acrescentam para Ribeirão Pires. Ela fez um enorme passeio contrário a boa conduta de um gestor público para com os seus comandados, infligiu normas e agiu de maneira lamentável”.

Questionado sobre a adjetivação pejorativa a qual se referiu, onde em um diálogo, Flávia Banwart disse: “Oi, querida!!! Tô triste com Você. Você me traiu com o Papai Noel. Papai Noel Volpiano”.

“Olha, nem tenho muito o que falar sobre isso. Sou um homem já maduro e experimentado na vida. Acredito que esse tipo de ataque pessoal não deve acontecer entre duas pessoas inteligentes e com foco na vida! O que realmente me interessa neste caso, são os rumos que estão sendo tomados na Educação de Ribeirão Pires. O que vemos é o Ministério Público fazendo cobrança e atitude daquilo que está deixando de ser feito”, falou.

Conforme noticiou o Repórter ABC, a secretária Flávia Banwart – que tem formação em Direito – pode ter ferido o Estatuto do Funcionário Publico Municipal.  Clique aqui para ver o documento.

Em resposta, se ele (Clóvis Volpi) pretende mover alguma ação judicial pedindo reparação contra a secretária por tê-lo chamado de forma pejorativa impingindo apelido, Volpi disse:

“É o que eu disse anteriormente, não gosto de misturar questões políticas com pessoais. Apesar da péssima gestão que faz na pasta da Educação se comparada com a Professora Rosí  que foi uma excelente secretária, eu tenho muito respeito pela professora Flávia Banwart, até mesmo porque isso faz parte do noviciado em gestão na área da educação. Tenho muito respeito por ela e jamais a processaria. Isso só demonstra a falta de experiência na vida pública, acredito que está aprendendo e tenho certeza que ela vai aprender cada vez mais com o decorrer do tempo”, concluiu Clóvis Volpi.

Deixe uma resposta