Kiko, sem muito o que mostrar, inaugura lixeiras no centro de Ribeirão Pires ao custo de R$ 380 mil

As três lixeiras demoraram 9 meses para ficarem prontas e juntas custaram R$ 380 mil

O prefeito de Ribeirão Kiko Teixeira, inaugurou ao final da manhã deste sábado (1), três lixeiras subterrâneas no centro da cidade, cada uma custando R$ 126.666,66.

O início das obras se deram em 14 de maio de 2019, – com custo total de R$ 380 mil – e até a sua inauguração na data de hoje, causou grande polêmica e transtornos a comerciantes e pedestres em função da grande demora de conclusão por erro de projeto e também pelo fato de que não havia empresa coletora habilitada para a coleta específica.

A lixeira instalada na rua Stella Bruna Nardelli chegou a ser alvo de denúncia junto ao Ministério Público após a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ribeirão Pires (AEARP) detectar graves problemas em sua instalação. A mesma já foi mudada de local para aproximadamente 30 metros e instalada abaixo do nível da calçada fazendo com que a via destinadas aos pedestres ficasse com água acumulada. Ver matéria clicando aqui.

Em sua página nas redes sociais, o prefeito Kiko Teixeira comemora o grandioso feito:

“As lixeiras subterrâneas instaladas pela Prefeitura na área central de comércio estão em funcionamento. Os novos equipamentos contam com tecnologia que contribui para manter toda essa região limpa, com mais praticidade pra quem trabalha no entorno e um ambiente mais saudável e agradável a todos. São três conjuntos de lixeiras – Rua Felício Laurito e, no Boulevard Gastronômico, ruas Felipe Sabbag e Stella Bruna Nardelli. O trabalho continua”.

Conforme informou a secretária de Meio Ambiente da cidade, Wanessa Isídio e divulgado pelo Repórter ABC em matéria anterior, “As lixeiras terão cerca de um metro de altura e capacidade individual para armazenamento de quatro mil litros e a coleta irá acontecer diariamente pelos caminhões de coleta”.

Em vídeo disposto na página do Secretário de Infraestrutura, Diogo Manera, operários fazem demonstração do funcionamento do equipamento hidráulico que visivelmente apresentou falha ao rebaixar mais um lado do que o outro. Acompanhe abaixo.

Deixe uma resposta