Vereadores de Rio Grande da Serra aprovam projetos indicados por estudantes da Etec

 

Estudantes da Etec e vereadores de Rio Grande após aprovação do projeto LGBT

Em uma ação inédita na cidade, estudantes dos cursos de Administração de Empresas e Recursos Humanos da Etec de Rio Grande da Serra tiveram quatro projetos de leis aprovados por unanimidade na Casa Legislativa. A sessão de votação ocorreu no dia 4 de dezembro e contou com a participação dos estudantes em Tribuna.

A iniciativa veio após projeto desenvolvido na escola técnica através da “Fábrica de Ideias”, desenvolvido nas aulas de Ética e Cidadania Educacional, ministrada pelo professor Amaury Dias, onde os estudantes promoveram levantamentos referentes aos problemas do Município e chamaram o Poder Executivo e Legislativo para o debate.

Após a aprovação em plenário, é lei municipal o Programa de Combate a Pichações e Anúncios em muros, fachadas sem autorização do proprietário do imóvel.

Maria Eduarda defende projeto durante sessão da Câmara de Vereadores

“O nosso projeto trata sobre a depredação do patrimônio, elaboramos o projeto pensando no comércio, nas residências, alvos de vandalismo. Com a lei, ficaremos todos mais resguardados. É uma grata satisfação para o nosso grupo que a lei tenha sido aprovada. Não imaginávamos que isso fosse acontecer. É uma forma da população ser ouvida através dos estudantes que serão o futuro da cidade”, declarou Gabriel Silva, estudante do primeiro módulo de Recursos Humanos.

Outra proposta aprovada dispõe sobre o recolhimento e destinação final de pilhas, baterias e lâmpadas a base de mercúrio.

“Um projeto importante, a sala de aula inteira pensando na preservação da natureza. Ficamos felizes pelos vereadores entenderem a proposta”, declarou Laura Ágata Rodrigues, aluna de Recursos Humanos. Lucas Pereira, co-autor do projeto, a posição da Câmara mostra respeito para com a população: “Inicialmente não esperávamos que a proposta viesse para a Câmara e fosse aceita, foi algo que me surpreendeu, estamos felizes com o respeito”.

O “Fábrica de Ideias” emplacou ainda o projeto que disciplina a utilização de vias públicas, praças, parques e jardins para realização de bailes funks ou de qualquer evento musical não autorizado.

“É uma vitória da população de Rio Grande da Serra. O projeto não visa discriminar qualquer demonstração de cultura, mas disciplinar para que todos sejam respeitados”, defendeu Rosimere Maria Romão, estudante do curso de Recursos Humanos.

Por fim, a noite de votação contou com a aprovação unânime do projeto que trata sobre a criação da Semana de Combate ao Preconceito ao Público LGBT no âmbito do Município de Rio Grande da Serra.

“Estávamos nervosos sem relação se seria ou não aprovado. A proposta nasceu após uma palestra ministrada na escola, e sentimos ser importante trazer para um público maior as questões LGBT que ainda está apagada na sociedade em relação ao preconceito. Nós achamos que a semana pode contribuir para quebrar barreiras aqui em Rio Grande”, declarou Maria Eduarda do primeiro módulo de Administração de Empresas.

Para o presidente do Legislativo, Claudinho Monteiro, a Casa de Leis ouviu a população.

“Hoje é mais um dia que entra para a História de Rio Grande da Serra. Projetos debatidos com estudantes que se tornam leis. Só posso agradecer aos vereadores que entenderam a importância do projeto desenvolvido na Etec e aos estudantes pela aula de Cidadania”, finalizou o presidente.

Deixe uma resposta