Amigão diz que tomógrafo foi doação. Pede convocação de secretária mas turma do amém blinda governo

O vereador Amigão D’orto apresentou durante sessão da Câmara de vereadores desta sexta-feira (21) 1239/2019 propondo a convocação de Patrícia Freitas, Secretária de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, para esclarecer questões relacionadas ao tomógrafo encontrado nesta quarta-feira (21).

Amigão que organizou documento contendo imagens fotográficas e relatos sobre o assunto disse:

“Precisamos ouvir da secretária o que está acontecendo na saúde. Recebi denúncia do aparecimento deste tomógrafo e hoje pela manhã fui para o local para exercer o direito de fiscalizar. Fui barrado de entrar. Não consigo entender o motivo? O que será que querem esconder?”, indagou.

Em contato com o vereador, o mesmo informou a esta reportagem que recebeu uma foto que mostra que o equipamento foi uma doação feita pela cidade de São Caetano do Sul.

“Recebi foto e informação de que houve a doação de São Caetano no ano de 2019. O que precisamos saber é o porque o atual governo e o anterior não instalaram o tomógrafo? Minha intenção era saber o motivo de aparentemente ninguém saber a existência dele? A meu entender uma doação de bem público só pode ser feita se houver a cumprimento de rito. Aprovação de vereadores e documentação autorizando doação. Será que não existe ninguém responsável por isso?

Placa de identificação de patrimônio encontrada no tomógrafo

Complementando a sua fala (ver no vídeo acima), onde é dito que o local não era tão isolado e que o equipamento poderia ter sido notado por algum servidor, Amigão D’orto comentou a nota emitida pela prefeitura: ” na nota emitida pela prefeitura é dito que o tomógrafo encontrado foi uma doação feita pela prefeitura de São Caetano do Sul no  ano de 2009. Acho essa hist´ria muito estranha a medida de que foram necessários 10 anos para encontrar o documento e que foi preciso chamar um técnico para identificar que aparelho era aquele. Será que nesse documento encontrado não constava todos os dados?”, questionou.

A proposta de convocação da secretária Patrícia Freitas foi rejeitada pela maioria do vereador pelo placar de 9 a 8.

Votaram contra a convocação, os vereadores: Rato Teixeira, Arnaldo Sapateiro, Edmar da Aerocar, Banha, Flávio Gomes, João Lessa, Gê do Aliança, Paixão e Silvino de Castro.

Um fato chamou a atenção na votação, o vereado Arnaldo Sapateiro que já havia votado a favor da convocação, voltou atrás em seu voto e rejeitou a convocação. O vereador Edmar da Aerocar, por sua vez também retificou o seu voto dado e negou a convocação. Ver vídeo abaixo.

Votaram favoráveis a convocação da secretária Patrícia Freitas, os vereadores: Amaury Dias, Anselmo Martins, Danilo da Casa da Sopa, Amigão D’orto, José Nelson, Paulo Cesar PC, Rogério do Açougue e Rubão Fernandes.

Reportagem resgata de 2012 num veículo regional, registrou os serviços que seriam ofertados no na UPA as vésperas de sua inauguração:

“…está prevista a chegada de equipamentos e o restante do mobiliário da UPA, que além dos oito consultórios contará com sala de raio-x, ultrassonografia e tomografia, além de salas de curativo, inalação, medicação, observação adulto e pediátrico, gesso e de emergência”… Ler a íntegra clicando aqui.

Deixe uma resposta