Kiko envia Projeto para remanejar recursos ao mesmo tempo em que amplia gastos de onde retira verbas

O prefeito Kiko Teixeira (PSB) encaminhou para Câmara de vereadores de Ribeirão Pires o Projeto de Lei nº062/2019 solicitando autorização de remanejamento orçamentário no valor de R$ 8.127.000,00 para a Secretaria de Saúde da cidade.

Na mensagem ao Projeto onde justifica os seus objetivos, o prefeito Kiko afirma que “a presente proposta visa atender necessidades das Secretaria de Saúde, Turismo e Desenvolvimento Econômico e Serviços Urbanos. A realocação de quotas faz-se imprescindível para a Secretaria de Saúde para dar continuidade aos convênios firmados, posto que não há mais saldo orçamentário para realização de empenhos, bem como para manutenção dos contratos de medicamentos, materiais de enfermagem e locação de transporte”.

Ainda no documento direcionado ao presidente da Casa de Leis, vereador Rato Teixeira (PTB) o prefeito se posiciona sobre os objetivo em outras secretarias, Secretaria de Serviços Urbanos e Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico. Clique aqui para ler o projeto registrado na Câmara.

Pela Proposta, o prefeito Kiko Teixeira quer retirar investimentos da Publicidade, Educação Infantil e Fundamental, conservação de vias e manutenção da cidade, Ação Social, Cultura, dentre outros conforme pode-se verificar no print extraído do documento oficial.

Não é indiciado no Diário Oficial  nenhuma medida que recoloque os  R$ 1.318 milhão ao qual pretende retirar do setor da Educação municipal.

Fato que causa estranheza é que nesta quinta-feira (7), foi publicado no Diário Oficial do município que o prefeito Kiko autoriza aumento de gasto com publicidade. Ao mesmo tempo em que pede remanejamento de R$ 585 mil para outras área ele está autorizando gastos que juntos somam R$ 1.439.000,00 somente na divulgação publicitária.

Conforme ainda se verifica na referida publicação oficial há significativo valor de contrato de aluguel (R$ 944.400,00), contratação de artista, contratação de empresa para fornecimento de lubrificantes e filtros dentre outros. Clique aqui para acessar a publicação.

Outra autorização do prefeito Kiko que chama a atenção é o contrato com empresa para elaboração de projetos executivos estruturais de fundação, instalações elétricas, telefonia, SPDA e de combate ao incêndio no Parque Oriental. O prefeito em seu Projeto de Lei retira R$ 272 mil para manutenção do Corpo de Bombeiros na cidade conforme pode-se verificar no print acima.

O Projeto de Lei nº 062/2019 não consta da Ordem do Dia da Sessão Legislativa que acontece hoje, 7 de novembro, mas a proposição pode entrar em regime de urgência.

 

Deixe uma resposta