Augusto Nunes agride Glenn Greenwald no Pânico – VEJA VÍDEO

O jornalista Augusto Nunes, da Record, agrediu Glenn Greenwald, do The Intercept, durante participação no programa Pânico, da Jovem Pan, hoje, 7 de novembro.

A confusão começou logo após o início da participação da dupla no programa. Nunes tentava justificar a fala sobre os filhos de Glenn. “Essa é a prova de que o Brasil criou o faroeste à brasileira. Quem tem que se explicar é quem comente crimes, quem fica cobrando quem age honestamente. Ouça-me: o que eu disse, vocês vão perceber, é que ele não sabe identificar ironias, não sabe identificar um ataque bem-humorado. Convido ele a provar em que momento eu pedi que algum juizado fizesse isso. Disse apenas que o companheiro dele passa tempo em Brasília, passa o tempo todo lidando com material roubado. Quem vai cuidar dos filhos?”, disse Nunes.

Glenn reagiu: “Você é um covarde! Você é um covarde! Eu vou falar o porquê”. Ele então foi interrompido por Nunes. A primeira tentativa de agressão não deu certo, mas depois Nunes atingiu o rosto de Glenn.

Em sua página no Twitter Glenn disse: “Fiz jornalismo em dezenas de países no mundo democrático. Um limite absoluto, até em combate político, é não usar os filhos menores como alvo. A única exceção que conheço é o movimento Bolsonoro e esse lixo do JP e @Veja: se 2 pais trabalham, o Estado deve investigar seus filhos?”

Ver abaixo do momento do bate boca e da agressão

A Jornalista Mônica Bérgamo recebe prêmio e dedica a Glenn Greenwald
Mônica Bérgamo dedicou sua vitória em concurso de destaque entre jornalistas a três colegas de profissão, entre eles Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil em função da agressão covarde que sofreu de Augustos Nunes no Programa Pânico da rádio Jovem Pan. Augusto Nunes chamou um juiz para investigar a remoção dos filhos de Glenn alegando que o mesmo não cuidava de seus filhos. Dizer que um pai não educa os filhos tira qualquer um do sério. Ao ser chamado de “covarde” por Glenn, Augusto Nunes reage com violência.
Augusto Nunes presente a cerimônia de entrega do prêmio presenciou a fala de Mônica Bergamo.

Deixe uma resposta