Menina de 11 anos que era obrigada a orar para corrigir pecados morre após jejum forçado pela mãe

A menina de 11 anos era obrigada orar constantemente para corrigir os pecados
Uma menina de 11 anos morreu por desnutrição após ser forçada pela mãe a passar três dias sem comer para “expiar seus pecados”. O caso aconteceu na noite da ultima quinta-feira (24/10) em Ubatuba, litoral de São Paulo.
Um mulher de 26 anos, mãe da criança, e um homem de 47,  padastro, foram presos na ultima sexta-feira (25/10) após a mulher confessar que a filha era mantida presa em casa. Nos últimos cinco meses, a criança só teve acesso à rua  duas vezes. Além disso, em grande parte desse tempo, a vítima consumia apenas água e era obrigada orar constantemente para corrigir os pecados. A criança dormia em uma placa de EVA em um local sem  moveis ou qualquer conforto.
A criança chegou a ser levada para a Santa Casa da cidade, mas já chegou ao local sem vida. Os médicos perceberam sinais de desnutrição e acionaram a polícia. Exames periciais constataram que a causa da morte foi inanição (estado de debilidade extrema, provocado por falta de alimentação).
A mãe revelou ainda que o outro filho dela, um garoto de oito anos, também era submetido a esse tipo de condições. O menino foi levado para um abrigo e ficará sobre a responsabilidade do Conselho Tutelar.
O casal  deve responder pelos crimes de tortura com morte, cárcere privado e abandono intelectual.

Deixe uma resposta