Bolsonaro é questionado por Ministros do STF após convocação a ditadura feita por Olavo de Carvalho

Um tuíte publicado nesta quarta-feira 16 por Olavo de Carvalho, guru do governo de Jair Bolsonaro, além de uma postagem do blogueiro Allan dos Santos, principal líder dos bolsonaristas nas redes sociais, conclamando a ditadura, ministros do Supremo Tribunal Federal reagiram junto ao presidente.

O presidente do tribunal, Dias Toffoli, e Alexandre de Moraes foram juntos ao Palácio do Planalto e estiveram com Bolsonaro às 10h, por 15 minutos, informa reportagem do Globo, para protestar contra a convocação pela ditadura pelos aliados de Bolsonaro. Depois, participaram de um evento no Salão Nobre.

Já o ministro Gilmar Mendes teve um encontro reservado com Bolsonaro, das 11h às 11h25, sobre o mesmo tema.

Olavo de Carvalho defendeu no Twitter que “só uma coisa pode salvar o Brasil: a união indissolúvel de povo, presidente e Forças Armadas”. Miliciano virtual, Allan dos Santos disse que o povo está “querendo um novo AI-5 e ai de Bolsonaro caso tente parar o povo”.

Clique aqui e saiba mais.

Deixe uma resposta