Pesquisa aponta intenção de votos em Ribeirão Pires para prefeito em 2020. Kiko vai mal, Volpi lidera e Amigão surpreende

Pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto All4 – Pesquisa, Estratégia e Engajamento em Ribeirão Pires no dia 10 de maio de 2019 aponta a intenção de voto do eleitorado da cidade.

Pesquisa tem caráter quantitativo por amostra aleatória simples, onde dentro de um universo de 30.367 residências com telefone fixo, 610 munícipes foram ouvidos.

A margem de erro do levantamento é de 4,81% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95 pontos percentuais.

Segundo o levantamento, o atual prefeito da Estância, Kiko Teixeira (PSB) apresenta o pior desempenho entre os principais possíveis concorrente. O ex-prefeito Clóvis Volpi lidera nos diversos cenários e o vereador de primeiro mandato, Amigão D’orto (PTC) ganha destaque desbancando o prefeito Kiko e ocupando a segunda colocação na preferência do eleitorado.

O ex-vereador Renato Foresto (PT), que já declarou publicamente que não deverá concorrer ao Paço e sim a uma cadeira no parlamento municipal aparece com um dos menores níveis de rejeição.

Avaliação do Governo Kiko Teixeira

Quando o eleitor é questionado sobre a avaliação da atual administração de sua cidade, 37.70% responderam ser péssima, 25.74% ruim, 22.30% regular, 9.51% boa e 4.75% ótima.

Somados os quesitos péssima, ruim e regular, a administração do atual prefeito Kiko Teixeira tem 85,74% de reprovação e 14,26% de aprovação somados as avaliações de bom e ótimo.

Em quem o eleitor votaria para prefeito da Estância?

Quando o eleitor é indagado sobre a sua intenção de voto para prefeito nas eleições municipais de 2020, o ex-prefeito Clóvis Volpi é o mais lembrado obtendo a citação de 25,44% dos questionados. Amigão D’orto foi o segundo mais mencionado, tendo 11,06% das intenções e o prefeito Kiko Teixeira ficou na terceira colocação onde os eleitores consultados somaram 9,51%.

Não souberam responder ou tem outro candidato ficaram cravados na casa dos 54%.

Rejeição

Quando apresentados nomes aos eleitores e questionado em qual deles ele não votaria de forma alguma, as respostas foram as seguintes:

Kiko Teixeira tem a maior rejeição e 41.20% disseram que não votariam nele de forma alguma.

Amigão D’Orto tem rejeição de 7.47%, Clovis Volpi 12.05%, Luiz Carlos Grecco 6.75%, Lair Moura 6.27%, Renato Foresto 3.86% e sem rejeição foram 22.41%.

Deixe uma resposta