Ingerência de Gabriel Roncon no Festival do Chocolate gera crise e mal estar no Paço. MP pediu cancelamento da festa

A notícia de que a justiça pediu o cancelamento do Festival do chocolate por motivos de falta de segurança e pela ausência do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) caiu como uma ogiva no seio do Paço municipal de Ribeirão Pires.

Fontes confiáveis informam que o prefeito Kiko foi às turras cobrando os responsáveis para que organizassem a documentação necessária e em caso contrário cabeças iriam rolar com foice bem amolada.

O secretário de Turismo, César Ferreira chegou a pedir demissão, o que não foi aceito pelo prefeito. Nossa fonte afirma que Cesar aceitou continuar no cargo, mas que isso durará somente até dezembro próximo.

“Ocorre que, em que pese requerido alvará perante a Vara da Infância e Juventude, não houve aprovação do projeto técnico pelo Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, não tendo sido emitido Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – AVCB. Assim sendo entende que seja inviável a realização do evento, requerendo em tutela de urgência que o Município se abstenha de realizar o evento até que se providencie o AVCB” diz o MP na peça judicial.

No núcleo de todo o quiproquó está o vice-prefeito, Gabriel Roncon que é acusado de ter cometido ingerência, opinando e impondo o modo em que deveria agir a comissão organizadora do Festival do Chocolate.

No início da noite a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ribeirão Pires encaminhou nota comunicando que está cumprindo a determinação da justiça e que a prefeitura já entregou a documentação para a avaliação do corpo de Bombeiros.

“A Prefeitura de Ribeirão Pires esclarece, sobre o AVCB do 13º Festival do Chocolate, que a organização do evento cumpriu todos os requisitos e normas de segurança para a realização da festa, a exemplo das medidas adotadas em 2017 e 2018 que garantiram o documento ao Festival. A Prefeitura já entregou para a avaliação do Corpo de Bombeiros a  documentação solicitada para a emissão da licença.”

Deixe uma resposta