“Estão abandonando o museu a céu aberto e jogando esculturas no lixo”, denuncia Clóvis Volpi

Obras do Museu a Céu Aberto foram encontradas jogadas no lixo

O ex-prefeito de Ribeirão Pires utilizou as suas redes sociais para denunciar o descaso ao qual se encontra o Museu a Céu aberto e suas escultura.

Segundo Volpi, “é com muita tristeza que venho aqui mostrar o destino que algumas das obras do artista Lúcio Bittencourt está tomando. Estão jogando obras no lixo”, lamentou.

  

Segundo ainda o ex-gestor de Ribeirão Pires, “O objetivo das esculturas espalhadas pela cidade era tornar Ribeirão Pires uma cidade referência em museus a céu aberto, o que ficamos a poucas obras de alcançar, atraindo a atenção de artistas e urbanistas da região. É de partir o coração ver estas obras, que fazem parte da identidade de nossa cidade largadas, abandonadas para descarte”.

No vídeo, Clóvis Volpi faz um apelo para que o erro seja revisto. “Peço encarecidamente que este grande erro seja corrigido, e que nossa cidade possa continuar tendo suas obras de arte preservadas. Tenho certeza que o prefeito é um homem sensível e se quer sabe o que está acontecendo. Estou muito triste, afinal estas pequenas coisas tornam um lugar único, e assim, estão apagando a identidade de Ribeirão Pires”.

Em janeiro de 2018, em publicação oficial (ver matéria aqui), a prefeitura noticiou que estava desenvolvendo ações para a preservação do preservação do Patrimônio.

Conforme noticiou o Repórter ABC (ver matéria aqui), Gabriel Roncon prefeito em exercício em janeiro de 2018, sob o argumento de que o Cavalo de Aço não “orna” com a Praça Manuel Velilla Suarez (próximo a ponte da Vila Suely), organizou operação da obra de arte transferindo-o para o bairro Pilar. Outras obras também foram retiradas de seus antigos locais para locais não informados pela atual administração municipal, a exemplo de escultura que ficava em frente ao Fórum da cidade.

O obelisco que ficava na Praça Oriental ao lado do Paço e que homenageava pracinhas ribeirãopirenses que participaram da Força Expedicionária Brasileira foi completamente destruída logo no início da atual reconfiguração que está sendo feita no local.

Assista abaixo ao vídeo publicado pelo ex-prefeito Clóvis Volpi

Deixe uma resposta