Prefeito Gabriel Maranhão quer receber royalties para ceder água a São Paulo

Da esquerda para a direita: prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), deputado Estadual Thiago Auricchio (PR) e o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão

O prefeito Gabriel Maranhão (Cidadania) quer que Rio Grande da Serra receba pagamento de royalties pela cessão de água para abastecer a região metropolitana de São Paulo.

A afirmação de Gabriel Maranhão aconteceu nesta quinta-feira (16) durante a inauguração do comitê do PR de Ribeirão Pires.

“A água é o nosso maior bem e o governo do Estado faz a retirada bem nenhuma forma de compensação para o município”, disse o alcaide.

Segundo Maranhão, “a exemplo da extração do petróleo, onde municípios fornecedores recebem royalties, nada mais justo de que Rio Grande da Serra, que é importante fornecedora de água que abastece a grande São Paulo tenha o seu recebimento como forma de contrapartida”, enfatizou.

Nessa luta, Maranhão tem como aliados o prefeito da cidade de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR) que atualmente é presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e encabeça luta pelos municípios daquela região.

Outro aliado, é o deputado Estadual Thiago Auricchio que apresentou na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), a criação de uma Frente Parlamentar em apoio ao ABC Paulista.

No plano Federal, foi criada em 2016 a Frente Parlamentar Mista dos Municípios Produtores de Água. O grupo conta com 211 deputados e 14 senadores e tem como um de seus principais articuladores o deputado Federal  e ex-prefeito de Guararema, Marcio Alvino (PR).

Deixe uma resposta