Ribeirão Pires realiza nova rodada de castrações de cães e gatos

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Saúde, está dando sequência à segunda fase do programa de castração gratuita do município. Nessa quinta-feira, dia 2 de maio, foram castrados 129 animais, entre cães e gatos. As cirurgias acontecem na sede do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Essa segunda etapa do programa teve início em outubro e prevê a castração de 2 mil animais da cidade. Os procedimentos são realizados por equipe contratada pela Prefeitura. Foram priorizados no início desta segunda etapa de cirurgias ONGs que abrigam animais da cidade, bem como cães e gatos adotados por moradores no CCZ, seguindo o que é estabelecido pela Lei Municipal nº 5.836/14. Mensalmente, são realizados, em média, 100 procedimentos gratuitos.

Sobre o programa gratuito de castração de animais em Ribeirão Pires

Nessa segunda etapa, entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, foram realizadas 1.200 inscrições para o programa gratuito de castração de cães e gatos no município. Em razão da grande procura, o cadastro foi encerrado. As inscrições para outras 800 vagas do programa serão abertas após os procedimentos agendados em 2018 serem efetuados.

Em 2017, a Prefeitura de Ribeirão Pires realizou cerca de 500 castrações gratuitas de cães e gatos. Para a segunda fase, a Secretaria de Saúde municipal está destinando R$ 270 mil para as cirurgias e implantação de chip de identificação dos animais já castrados.

“Consideramos esse um importante investimento voltado ao controle da população canina e felina em nossa cidade. Além do bem-estar dos animais, essa medida tem como objetivo garantir mais segurança e saúde a todos os moradores, principal papel do Centro de Controle de Zoonoses”, esclareceu a secretária de Saúde da cidade, Patrícia Freitas.

Cães comunitários poderão ser castrados, desde que haja pessoa responsável para acompanhar o pós-operatório do animal. Mais informações sobre os serviços do CCZ podem ser obtidas pelo telefone 4824-3748.

Posse responsável – Abandono e maus tratos a animais são crimes com pena de até dois anos de detenção e multa, de acordo com a Lei Federal nº 9605/98, artigo 32. Todas as pessoas que adotam um animal de estimação são responsáveis por garantir seu bem-estar e segurança.

Alguns cuidados são essenciais para manter um animal em boas condições. Passear com o pet usando sempre a coleira e guia, garantir uma casinha ou caminha confortável, limpa, abrigado da chuva e do sol são algumas tarefas que não podem ser esquecidas. Além disso, todos os animais precisam de ração de boa qualidade e água limpa e fresca, para evitar problemas de saúde.

Deixe uma resposta