Ex-PM é executado com tiros de fuzil no centro de Ribeirão Pires

O ex-policial Militar, Marcelo André Marino de 41 anos foi morto a tiros na manhã desta sexta-feira (21) próximo ao banco do Brasil da rua Felipe Sabag.

Segundo levantamento preliminar feito por policiais presentes – Tchelão como era popularmente conhecido – saia de um edifício de apartamentos na localidade quando após adentrar em seu veículo – um Fiat Uno de cor prata – encurralado na via, um homem encapuzado munido com um fuzil calibre 552 disparou diversos tiros em direção ao automóvel empreendendo fuga logo após em outro carro ainda não identificado.

Ao menos 15 disparos foram feitos com alguns projéteis atingindo fatalmente a vítima que aparentemente não teve oportunidade de reação. Ferido, Marcelo Tchelão não resistiu aos ferimentos e veio a óbito antes mesmo de ser resgatado para uma unidade de saúde.

A vítima foi encontrada no interior do Fiat Uno tombada no banco do passageiro tendo em seu pulso esquerdo uma pulseira aparentemente de ouro e uma aliança em seu dedo.

Veículo cravado de balas

Segundo informações colhidas, Tchelão foi alvo de uma emboscada por criminosos que estavam em dois carros por volta das 9h30. Um cidadão que mantinha relação de amizade com a vítima afirma que Tchelão havia acessado a sua página de whatsapp as 09:26hs, momentos antes da tragédia.

Uma bala perdida atingiu o pneu de um Corsa vermelho que se encontrava no outro lado da rua.

As investigações estão sob a responsabilidade da Delegacia de Polícia de Ribeirão Pires que já solicitou imagens de câmera para possível identificação da autoria do crime brutal.

Deixe uma resposta