Kiko Teixeira conquista recursos para Parque Linear em Ribeirão Pires

O prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko, assinou nesta sexta-feira, dia 14, junto ao secretário de Turismo do Estado, Junior Aprillanti, convênio para a liberação de R$ 1,8 milhão que será destinado à implantação do Parque Linear Ribeirão Pires. Somando as parcerias celebradas entre Estado, via DADETUR, e Município, Ribeirão Pires já garantiu R$ 11,8 milhões para obras voltadas ao estímulo do turismo.

O Parque Linear compreende a reestruturação e revitalização do entorno do Ribeirão Grande, situado na Avenida Prefeito Valdírio Prisco – do trecho que vai do Completo Ayrton Senna até a altura do Jardim Panorama. Após a assinatura do convênio nessa tarde, a Prefeitura iniciará a etapa de licitação da obra do Parque.

“Com o apoio do Estado, estamos realizando obras estruturais que garantem condições adequadas para o receptivo de visitantes e que também se tornam novos atrativos turísticos. Temos em andamento a implantação do Boulevard Gastronômico e a construção do novo Parque Oriental. Esses projetos estarão integrados ao Templo Luz do Oriente, um novo roteiro de turismo para nossa Estância”, explicou o prefeito Kiko.

“Essas intervenções, inclusive a implantação do Parque Linear, somente são possíveis graças ao trabalho de gestão financeira responsável e da regularização de convênios junto ao DADETUR. As obras e outros projetos em andamento têm por objetivo fortalecer o setor, gerando novas oportunidades de emprego e estimulando o desenvolvimento econômico local”, avaliou o chefe do Executivo.

Boulevard Gastronômico

Em abril desse ano, a Prefeitura assinou convênio de R$ 3 milhões junto ao DADETUR para a implantação da segunda fase do Boulevard Gastronômico, que compreende a revitalização e intervenções na Rua Leonardo Meca e Avenida Fortuna, bem como o calçamento de vias do Centro, complementando as ações que estão sendo executadas na primeira fase do projeto – revitalização das ruas Felipe Sabbag e Stella Bruna Nardelli.

A primeira etapa do Boulevard teve convênio celebrado em 2017, com repasse de R$ 2,8 milhões. Modificações no calçamento e paisagismo fazem parte das intervenções que estão sendo promovidas em toda essa área, entre outros pontos como a Rua Domingos Mejias Morgado, o Paço Municipal e o Jardim Japonês.

Parque Oriental

Em abril de 2018, a Prefeitura também assinou convênio com o Governo do Estado para o repasse de R$ 4,2 milhões ao município, por meio do DADETUR, para a construção do novo Parque Oriental, onde antes estava situado o Parque Municipal Milton Marinho – antigo camping. As obras no local estão em andamento.

Para garantir os recursos ao Parque Oriental, a Prefeitura iniciou em 2017 intenso trabalho de regularização da situação do município. Em razão de série de irregularidades cometidas pelos gestores anteriores em convênios do turismo junto ao Estado, a cidade ficou impedida de celebrar novas parcerias.

Análises de documentações referentes aos convênios e contratos firmados em anos anteriores a 2017 pela Prefeitura foram realizadas. Neste processo, erros foram identificados, como a falta de licenças junto aos órgãos competentes para a construção do Teleférico, além de falhas relacionadas ao convênio do Parque Temático. A essas irregularidades o Estado atribuiu o impedimento de novos repasses de verbas via DADETUR a Ribeirão Pires.

Depois de identificados os problemas, a Prefeitura iniciou trabalho para a regularização da situação, que incluiu a devolução de R$ 416 mil ao Estado – dinheiro repassado por meio de convênio celebrado com o DADETUR em 2014 e que os antigos gestores usaram para comprar parte dos equipamentos do Teleférico – que nunca foram entregues pela empresa ao município.

O trabalho de regularização, somado às ações de responsabilidade fiscal e saneamento de dívidas herdadas (com a consequente recuperação das certidões necessárias à celebração de convênios com o Estado), garantiu ao município a celebração de convênios em 2017 e 2018.

Situado às margens da Represa Billings, na Estância Noblesse, o Parque Oriental, que atualmente não está em funcionamento, tem área de 100 mil m². Deste ponto sairão os passeios de barco (trimarã) até o Templo Luz do Oriente, onde está situada a Torre de Miroku. O Parque Oriental estará ligado, ainda, ao Boulevard Gastronômico – na região Central da cidade.

Deixe uma resposta