Gabriel Maranhão convida para ordem de início da 3ª etapa do Parque linear neste sábado (29)

Inaugurado em 1º de julho de 2016, o Parque Linear em Rio Grande da Serra é mais uma opção de lazer

O Parque Linear Luiz Antônio Correa, localizado na Avenida José Bello, no Recanto das Flores tem aproximadamente 8000 m² de área foi realizado sobre um antigo aterro e conta com quadra esportiva, quiosques, playground e ciclovia, entre outras atrações, além de monitoramento por câmera interligado com a Polícia Militar, atendendo principalmente pessoas que residem na região da Vila Conde, Recanto das Flores, Vila Tsuzuki e demais bairros vizinhos.

Com o objetivo de iniciar a última etapa do Parque, no dia 08 de fevereiro, uma reunião na Secretaria Estadual da Casa Civil, o prefeito Gabriel Maranhão apresentou ao ex-mandatário da pasta, Samuel Moreira, o projeto da 3ª etapa do Parque Linear de Rio Grande da Serra.

Uma vez cumprida todas as exigências legais e documentais, o prefeito Gabriel Maranhão convida a população para no próximo sábado, 29 de setembro, para participarem da ordem de início da terceira e última etapa do parque.

A 3ª etapa do Parque Linear prevê o prolongamento da canalização existente na Avenida José Belo (área de manancial), e instalação de quadras poliesportivas e espaço recreativo e de lazer.

Através da belíssima imagem aérea captura pela equipe “Meu Drone da Serra” é possível notar a importância do parque que trouxe para Rio Grande da Serra a recuperação de importante espaço verde antes em completo estado de degradação.

Os recursos para a conclusão dos serviços são do FUMEFI que tem por finalidade financiar e investir em projetos de interesse da Região Metropolitana de São Paulo. Suas operações são formalizadas por Instrumentos de liberação de crédito celebrados pelo Agente Financeiro, o Banco do Brasil, com as Prefeituras Municipais Beneficiárias das aplicações, sempre em nome da Casa Civil, seu Agente Promotor, a que está vinculado.

Os repasses financeiros decorrentes de contratos são realizados parceladamente, mediante pareceres conclusivos da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A (EMPLASA), na qualidade de Agente Técnico, emitidos a partir de valores documentalmente apresentados pelas beneficiárias, correspondentes aos serviços efetivamente executados, em conformidade com as medições mensais das obras por elas contratadas.

Deixe uma resposta