Homem que esfaqueou Bolsonaro disse que estava cumprindo ordem de Deus, diz agente da PF

Candidato do PSL à presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro (RJ) levou uma facada em ato de campanha em Juiz de Fora, município de Minas Gerais. No vídeo abaixo, é possível ver o instante em que o presidenciável é atingido no abdômen. Em seguida, ele é retirado do local e levado a um pronto-socorro nas proximidades.

O suspeito pelo ataque já foi detido. Trata-se de Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos, natural de Montes Claros (MG). Flagrado em imagens de vídeo que circulam na imprensa e em redes sociais, ele já confessou ter desferido o golpe.

Veja o momento da facada:

Segundo relatos da imprensa presente no local, o parlamentar foi atendido na Santa Casa de Juiz de Fora (foto abaixo). Um carro Polícia Federal, que já abriu inquérito para apurar o caso, conduziu o deputado ao hospital. Por meio de nota, a PF informa que Adelio presta depoimento em uma de suas unidades em Juiz de Fora (MG). Ele foi agredido por populares antes de ser retirado do local.

“A Polícia Federal informa que o candidato à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante um ato público na cidade de Juiz de Fora/MG.
O agressor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF naquele município. Foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato”, diz a nota.

Segundo informações da GloboNews, o instrumento usado no ataque atingiu o fígado do candidato, contradizendo a versão de que o ferimento é superficial. A faca atingiu uma artéria ligada ao intestino, além de ter causado outros ferimentos internos. De acordo com a assessoria da Santa Casa, Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia e ficará internado para observação.

Deixe uma resposta